quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Simplesmente não

Se o seu filho está prestes a completar 3 anos de idade, prepare-se para a fase do não. Isso mesmo, aquele pequeno ser humano que já recebeu seus aplausos por atender aos pedidos da mamãe está prestes a mudar. Mesmo assim, não há motivos para se preocupar. Como tudo na vida, essa fase passa e deixa com ela uma criança mais confiante e ciente de seus limites.
Na fase do “não” aceitar as ordens, as frases mais comuns são: “Não quero, não vou, não faço, não estou com vontade”. Tudo isso porque a criança está construindo sua identidade, quer ter controle sobre sua vidinha, determinar quando, como e aonde ela vai. Nessa idade, não é só rebeldia, como muitos pensam ser. O sentimento de ter a vontade própria é intenso a partir desse período, que vai até o final da primeira infância, quando conquistou seu espaço, e volta a se intensificar na adolescência. Em mais uma das dezenas de etapas da transição pelas quais a criança vai passar ao longo da vida, é nessa que ela deixa de ser bebê para entrar na infância, um período delicado do ponto de vista emocional.
A orientação dos especialistas para superar essa fase é que os pais ouçam os seguidos “nãos”, sem deixar que todas as vontades imperem. Pessoas muito rígidas ou pouco sensíveis para essa questão podem não notar que o maior desejo dessa criança é o de ser percebida. Nesse sentido, os pais não podem ter um comportamento rígido nem ceder à primeira manha. O segredo é ponderar, sempre.

VIA: Boletim Crescer

Um comentário:

Jaala Takahashi disse...

To nessa fase ainda :D