quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Lista de material escolar 2012

Fim do ano chegando.. aulas acabando.. matriculas escolares renovadas e com ela a "temivel" lista escolar.
Quando esse ano começou e eu comprei a lista dos materiais que a Cecília ia usar durante o ano no Mini Grupo, eu achei que era muita coisa, como é que ela com 2 anos ia usar tudo aquilo??
Mas depois que eu começei a receber as tarefinhas dela no caderno, e ver exposto nas paredes da escola e na sala de aula, eu vi que realmente as professoras e as crianças usam todos aqueles papeis, colas e tintas.
Segue a lista de 2012, algumas coisas não vou precisar comprar porque a Cecis já tem. Fiz um pré-orçamento na minha papelaria de confiança e deu +/- R$ 143,00.

Mais sobre listas escolares.

Quem tem filhos na escola enfrenta todos os anos a difícil missão de comprar o material escolar. Enquanto os pais buscam economizar, os pequenos querem saber das novidades, dos novos personagens e dos babilaques que acompanham estojos e mochilas. Mas, apesar da psicologia necessária na hora de convencer os filhos a não exagerar nos gastos, os pais ainda precisam se preocupar com os produtos pedidos na lista. desconfie dos itens que não costumam fazer parte da relação de coisas, como material de limpeza e papel higiênico. A escola pode estar abusando da sua boa vontade e do seu bolso.
Os pais devem desconfiar se há itens na lista que não costumam ser usados em sala de aula, como papel higiênico, produtos de limpeza e até caixa de CDs. Vale questionar a escola para saber se estes materiais terão uso pedagógico, se serão usados em algum trabalho durante o ano letivo. E cobre se a instituição justificar o pedido. Preste atenção nas atividades que o seu filho fizer para saber se tudo está sendo aproveitado.
Os produtos para crianças devem ser próprios para a idade delas e o mais importante: ter o selo do Inmetro. É comum muitos pais comprarem tintas, canetinhas e outros materiais que têm substâncias químicas em camelôs. Cuidado com produtos de baixa qualidade e falsificados. Eles podem causar alergias e outros problemas para a saúde da criança.
Normalmente a escola indica papelarias e marcas a serem usadas pelos alunos, mas essa sugestão não pode ser obrigação. Na maioria das vezes a escola não ganha nada ao indicar determinada marca, é realmente preferência pela qualidade. 
Para resolver se você seguirá as sugestões, vale pesar alguns dados como:

- A lista de material não é abusiva - quando a lista é simples e de materiais que você realmente percebe a necessidade, vale investir nas marcas, pois a escola consegue diminuir quantidades da lista quando as marcas são duráveis - é o caso da massinha de modelar, do giz de cera, lápis de cor e canetinhas, por exemplo;

- As marcas pedidas são acessíveis de se encontrar - não é interessante a lista conter itens que só são encontrados num único lugar, isso obriga a ida em determinado local, sem margem de pesquisa de preço ou mudança de marca;

- O uso do material na escola é individual ou coletivo - se a escola faz uso coletivo do material, você corre o risco de comprar o mais caro sem garantia que seu filho irá usufruir dele, algumas escolas que fazem opção pelo material coletivo normalmente cobram a taxa de material para garantir a igualdade;

- Meu filho é uma criança organizada e cuidadosa - nesse caso, ele merece boas marcas e variedade de cores. Se ele consegue fazer seus lápis de cor e canetinha durarem pelo menos dois anos, vale investir! Isso vale também para mochilas, lancheiras e estojos.

Alguns itens podem e devem ser aproveitados ou improvisados, como camiseta de um irmão maior no lugar do avental de pintura (acredite, protege mais e eles acham o máximo!); a mochila, lancheira, estojos, pastas, réguas e tudo o que sobreviver do ano anterior. Não é só economia monetária, é também ambiental!

Outra dica é a compra em conjunto. Os pais podem se organizar para comprar os produtos da lista juntos. Sai muito mais barato comprar uma caixa de cadernos do que um só. É melhor até para negociar a forma de pagamento. A economia aparece na hora de dividir as despesas, pode acreditar.

MATERIAL ESCOLAR - http://www.consumoempauta.com.br/noticiasDetail.asp?IDCont=3&idRepCat=6&idRep=363
Ministério Público barra abusos nas listas escolares - http://www.em.com.br/app/noticia/especiais/educacao/2011/12/14/internas_educacao,267271/ministerio-publico-barra-abusos-nas-listas-escolares.shtmlhttp://www.em.com.br/app/noticia/especiais/educacao/2011/12/14/internas_educacao,267271/ministerio-publico-barra-abusos-nas-listas-escolares.shtml
 Lista de Material Escolar. Os itens que não podem constar - http://www.proconarapiraca.com.br/site/?p=150

2 comentários:

Peoh disse...

Tenho um post preparado para entrar na proxima semana sobre a lista de materiais da Helo, se achou a da Cecilia eextensa espere so para ver...

Diário da mãe e da filha disse...

É muita coisa né? Eu acho que quanto mais vai aumentando a série mais coisas tem, rs.


Beijos